By : admin 24 de Abril de 2018

Qual a melhor maneira de contar motivos de saída na hora da entrevista?

Bom, aqui vão duas dicas preciosas:

01 – Não minta (parece obvio, não?)

02 – Simplifique.

Sobre não mentir – o que não deveríamos fazer nunca – o que quero dizer é que existe uma grande probabilidade de o recrutador tomar referências sobre sua carreira. Se você falar que saiu de uma empresa porque recebeu uma proposta melhor quando na verdade o motivo foi um desligamento por desempenho, isso poder jogar contra o seu processo.

Não minta. Nem sobre motivos de saída, nem sobre seu nível de inglês, nem sobre nada.

Sobre simplificar, é aí é que está o grande pulo do gato. Já entrevistei muitas vezes pessoas que deram uma volta gigante, gastando mais de cinco minutos, explicando o cargo e o temperamento do chefe que fez o desligamento, ao invés de investir o tempo falando de temas mais importantes.

Você terá pouco tempo para falar de suas atividades e conquistas, então não desperdice esse precioso espaço justificando algo que o mercado já está acostumado a ouvir com naturalidade.

Simplifique sua resposta e tire o foco das trocas de empresa.

Exemplos de respostas curtas que podem ser usadas nesse caso:

– Troquei pois não me sentia desafiado e busquei um desafio maior.

– A empresa encerrou um departamento e eu saí com outros profissionais.

– Saí para dedicar tempo aos estudos ou fazer um intercâmbio.

– Fui desligado por uma reestruturação.

– Entrou um novo chefe (diretor, gerente, etc.) que preferiu trabalhar com a equipe que ele já conhecia.

Seja sucinto. Todas essas justificativas são normais, os recrutadores estão acostumados a ouvir e devem ser respostas curtas. Tire o foco do motivo de troca ou saída. Não desperdice mais do que 30 segundos quando o recrutador te fizer essa pergunta.

Invista no que você conquistou, realizou e contribuiu para cada operação. Traga cases, leve um caderno para anotar, interaja positivamente com o seu interlocutor, pois tudo isso vai contribuir para a conquista do seu objetivo.

Gostou? Fique à vontade para compartilhar. Se quiser copiar e colar, apenas cite a fonte, por favor.

Quer falar comigo? Estou disponível em william@foxhumancapital.com

Quer saber mais sobre transição de carreira e recrutamento e seleção? Acesse o site da Fox Human Capital em www.foxhumancapital.com

Um abraço e até a próxima. William.

Somos Fox. Conte com a gente!

Artigos relacionados